Menino de nove anos é abusado sexual e acusado é liberado pela polícia

“Crime aconteceu em Paço do Lumiar no Dia Nacional de Combate a Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes”
A presidente da Comissão de Direitos Humanos e das Minorias, deputada Eliziane Gama (MD) recebeu nesta terça-feira, dia 21 de maio uma denúncia de estupro ocorrida no município de Paço do Lumiar. De acordo com a parlamentar, um menino de nove anos foi abusado sexualmente por um homem no último sábado (18 de maio), Dia Nacional de Combate a Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes.
“Este caso é emblemático por causa da negligência da polícia civil e por ter ocorrido no Dia Nacional de Combate a Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes. Vamos tomar todas as medidas necessárias para que o culpado seja punido e a criança receba o devido atendimento”, destacou Eliziane Gama.
Segundo os parentes da criança, o menino de nove anos teria ido pegar uma pipa no quintal do acusado em uma localidade conhecida como Nova Vida (Paço do Lumiar). O garoto teria sido abordado pelo abusador e gritado. Vizinhos foram socorrer a criança e bateram no acusado e o entregaram para a polícia militar que fez a condução até o Plantão da Cidade Operária.
“A informação é que a mãe estava muito abalada e com medo de registrar a ocorrência, e chegando ao plantão o delegado plantonista não tomou as devidas providências, apenas enviou o acusado para o hospital e em seguida ele teria sido liberado”, relatou a deputada.
Eliziane Gama informou que já comunicou o fato ao Centro de Apoio Operacional Para a Infância e Juventude do Ministério Público Estadual (CAOP/IJ) e encaminhou ofício para a Superintendência de Polícia Civil da Capital para saber quem era o delegado plantonista e por que as medidas cabíveis não foram tomadas, já que o acusado foi preso em flagrante.
“É inadmissível que casos assim aconteçam! Queremos que esta criança tenha o atendimento psicossocial necessário. Também já entramos em contato com o Conselho Tutelar de Paço do Lumiar para o devido acompanhamento”, enfatizou Eliziane Gama.

Lasă un răspuns

Adresa ta de email nu va fi publicată. Câmpurile obligatorii sunt marcate cu *